Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 11/11/2017 19h39
Atualização: 20h13

O brusquense André Baran inicia a partir desta segunda-feira (13) um dos principais desafios da carreira. Até domingo (20), ele compete entre os melhores atletas do mundo no Mundial de Beach Tennis que será realizado na ilha caribenha do Aruba.

Ao lado do companheiro Daniel Canellas, de Joinville, o atleta de Brusque mais uma vez joga para se consolidar entre os grandes nomes da modalidade. Atual número 1 do estado, Baran já ganhou tudo que disputou em nível local e tem cada vez mais alcançado destaque entre os melhores atletas da atualidade em nível nacional.

No último fim de semana, chegou a ser semifinalista da Etapa Mormaii, torneio realizado em Balneário Camboriú que vale pontuação para o ranking mundial. Deixou para trás grandes atletas, entre eles, alguns que já aparecem entre os 20 melhores do mundo. “A gente vem jogando três ou quatro torneios seguidos e tendo resultados excelentes. Ganhamos três torneios seguidos e depois jogamos o Mundial em Balneário. Perdemos nas semis para um dos melhores do mundo depois de ganhamos bons jogos, inclusive de jogador que já foi o melhor do mundo. Resultados bons para chegar bem em Aruba”, comenta.

Somente na edição do ano passado, foram 1300 participantes, mas a expectativa é de que este ano a quantidade de atletas em Aruba seja ainda maior. “É um torneio que tem premiação de 40 mil dólares e este ano deve bater recorde de participantes. É um dos melhores lugares do mundo para jogar beach tennis, o país pára, com uma estrutura totalmente voltada para isso”, observa.

Além de Baran, cerca de outros 20 brusquenses também deve participar do Mundial, mas o atleta, que foi o expoente da modalidade na cidade, é o único que vai competir na categoria profissional. “O beach tennis hoje é um esporte que a cada dia vem crescendo mais”, destaca.

Segundo Baran, somente na Sociedade Bandeirante cerca de 300 pessoas praticam a modalidade atualmente. “É algo que está muito popular agora, não somente no litoral. O próprio país tem uma nova geração forte, inclusive já teve dois atletas que já foram melhor do mundo, algo raro pelo Brasil estar há pouco tempo no esporte. Acredito que em breve teremos muitos atletas no top 10 do mundo”, finaliza. O Mundial de Beach Tennis será disputado em cinco categorias: equipes, mista, individual, dupla mista e dupla masculino. Em todas, Baran estará competindo.