Conteúdo
Colunista: Matheus Perfoll
Publicação: 13/07/2017 01h22

A luta principal do UFC 213 foi cancelada devido a desistência da campeã Amanda Nunes que ficou com a sua imagem negativada perante o Presidente do UFC, Dana White. Amanda se pesou na sexta, bateu o peso, e no dia seguinte, pela manhã, passou mal, e foi encaminhada para o Hospital, ocorre que a equipe médica, deu o aval para ela lutar, e mesmo assim, a campeã disse que não estava se sentindo bem e desistiu da luta, quebrando bastante o evento e a luta válida pelo cinturão.

Caindo a luta principal, tivemos como a luta da noite, Romero vs Whittaker, valendo o cinturão interino dos pesos médios, até 84 kg, em face da lesão do campeão Michael Bisping. Yoel Romero, vice campeão olímpico de wrestling era o grande favorito, numa luta de cinco rounds onde Romero veio com tudo pra cima, mesmo no auge dos seus 40 anos contra 26 do adversário, tentando quedas e sequencias formidáveis. Whittaker aguentou toda a pressão, começou a dominar o terceiro round, monstrou toda sua defesa de quedas, karatê afiado, noção de distância e gás infinito, batendo o quase invencível Romero, que só havia perdido para Rafael Feijão no Strike Force.

Whittaker surpreendeu o mundo, suas últimas vitórias foram contra Brunson, Uriah Hall e Ronaldo Jacaré, Romero também foi para conta e Whittaker se tornou o campeão interino, agora com grande favoritismo sobre Bisping, veterano do UFC que deveria se aposentar e entrar para o Hall da Fama, pois a leva que vem vindo por ae está cada vez mais difícil de suportar.

Outra luta polêmica foi o embate entre Werdum e Overrem, muitos criticaram a decisão dos juízes por unanimidade a favor de Alistar Overeem, mas a meu ver, os pontos são contados round a round, e não houve surpresa na decisão, poderia ter ido para qualquer lado. Overeem venceu o segundo claramente e Werdum o terceiro, o primeiro poderia ter ido para qualquer um dos dois, por mais efetividade Overeem na pontuação dos três árbitros venceu. Werdum teve a oportunidade de vencer ao efetuar três grandes golpes contra Alistar que cambaleou, e quando era para definir, Werdum colocou para o chão, e martelou até o fim, sendo que Overeem resistiu e acabou vencendo a luta.

Neste mês teremos Daniel Cormier contra Jon Jones, choque de jamantas, o bicho vai pegar.



Matheus Perfoll - Coluna MMA

Tenente da Polícia Militar, Matheus Perfoll está há dez anos em Brusque, onde desde então desenvolve atividades relacionadas às artes marciais, em especial o jiu-jitsu. Em 2014, foi o responsável por trazer a renomada academia Team Tavares à cidade. E-mail para contato matheusperfoll1708191004508314@1708191004507485hotmail.com.