Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 12/06/2018 17h02
Atualização: 17h16

Tradição e hegemonia
Das 20 edições da Copa do Mundo, somente em duas oportunidades, Brasil, Alemanha ou Itália não estiveram presentes na final: Em 1978, na Argentina, quando os anfitriões bateram a Holanda por 3 a 1 na prorrogação da grande decisão, e em 2010, na Copa da África do Sul. quando a Espanha levou o título inédito sobre a mesma Holanda, ao vencer por 1 a 0, também na prorrogação

Grupo sem campeões
O Grupo H é o único da Copa da Rússia a não ter nenhuma seleção que já foi campeã do Mundo. A chave conta com Polônia, Senegal, Colômbia e Japão

Jogador sem uma das mãos
Na Copa do Uruguai, realizada em 1930, o uruguaio Héctor Castro não possuía uma das mãos. Em função deste problema físico e de sua habilidade com a bola no pé ganhou o apelido de "o divino manco"

Primeira vitória africana
A Tunísia foi o primeiro país da África a vencer uma partida pela Copa do Mundo. O fato ocorreu em 1978, na Copa da Argentina, quando os tunisianos venceram os mexicanos por 3 a 1

Gol mais rápido
O gol mais rápido da história das Copas ocorreu em 2002, na Copa do Mundo do Japão e da Coreia do Sul. O turco Hakan Sukur marcou aos 11 segundos contra a seleção da Coreia do Sul

Primeira Copa na TV
A Copa do Mundo do México em 1970, vencida pelo Brasil, foi a primeira a ter as partidas transmitidas pela televisão

Gols já marcados nas Copas
Em todas as Copas do Mundo, até 2014, foram marcados 2.379 gols. As edições que tiveram mais tentos anotados foram a da França, em 1998, e a do Brasil, em 2014. Em ambas, as redes foram balançadas 171 vezes

Jogador mais novo a balançar as redes
Pelé foi o jogador mais novo a marcar um gol em Copas do Mundo. Com apenas 17 anos e 239 dias, o Rei do Futebol marcou um gol contra a seleção do País de Gales, na Copa de 1958, disputada na Suécia. Já o atleta mais novo a atuar em um Mundial foi Norman Whiteside, da Irlanda do Norte, com 17 anos, 1 mês e 10 dias, o meia atuou no empate com a Iugoslávia na Copa do Mundo de 1982

Maior artilheiro de todos os tempos
O alemão Miroslav Klose é o maior artilheiro de todos os tempos da história das Copas do Mundo. O ex-atacante marcou 16 gols. Ele disputou quatro mundiais, entre 2002 e 14 para atingir a marca. O brasileiro Ronaldo (de 1994 a 2006) marcou um gol a menos, também em quatro participações. Já o francês Just Fontaine é o maior artilheiro em uma única edição da Copa. O feito ocorreu em 1958 na Suécia, quando o jogador marcou 13 gols

Jogos mais repetidos
Brasil e Suécia; Alemanha e Iugoslávia/Sérvia; e Alemanha e Argentina são os jogos que mais ocorreram em Copas do Mundos. Estes confrontos já foram realizados em sete oportunidades. Já a final mais comum é entre Alemanha e Argentina, que se enfrentaram em três oportunidades. Os argentinos venceram em 1986, com troco dos alemães em 90 e 2014

Maior número de vitórias consecutivas 

O Brasil é o país que detém o maior número de vitórias consecutivas na história das Copas. Foram 11, de 3 de junho de 2002 a 27 de junho de 2006


Leia também
>> Editorial: Olhos voltados para a Rússia
>> Números da Copa




Sidney Silva

E-mail para contato redacao2005301822543267@2005301822542439esportesc.com.