Conteúdo
Colunista: Gustavo Assi
Publicação: 18/09/2020 10h55

Por Gustavo Assi - Coluna Psicologia do Esporte

É de conhecimento geral que exercício físicos tem um papel importante na nossa saúde física. Mas você sabia que também tem um impacto muito positivo na nossa saúde psicológica? A prática de exercícios físicos vêm sendo um poderoso aliado no tratamento de diversos quadros psiquiátricos e psicológicos, como os transtornos de ansiedade e transtornos afetivos de humor, entrando inclusive em receitas médicas e como tratamento complementar na psicoterapia.

A depressão, por exemplo, apresenta sintomas como fadiga, irritabilidade, humor deprimido, diminuição ou perda de prazer em atividades, perda ou ganho significativo de peso, insônia ou hipersonia, e entre outros sintomas, afetando e sendo afetada por diversos contextos da vida do indivíduo. Diversos estudos buscam relacionar a prática de atividades físicas com a maior produção de neurotransmissores como a endorfina, noradrenalina e serotonina, que são responsáveis por uma sensação de bem estar. Outra hipótese, mais psicológica, é de que os exercícios físicos aumentam o contato do indivíduo com diversas consequências reforçadoras disponibilizados pelo ambiente, resultando muitas vezes em uma melhora da autoestima na medida que desenvolve novas maneiras de interagir com o mundo e consigo mesmo.

Busque tirar um tempo para caminhar, correr ou ainda andar de bicicleta algumas vezes na semana. Com o tempo, você conseguirá ver os impactos que isso terá no seu dia a dia. 



Gustavo Assi - Coluna Coluna: Psicologia do Esporte

Gustavo Assi é psicólogo formado pela Unifebe e pós-graduado em Neuropsicologia pela Uniara. Atua como psicólogo clínico e, dentre todas as demandas, atende, também, atletas por meio de consultoria em psicologia do esporte e do exercício. E-mail para contato psigustavoassi2010310314132977@2010310314132149hotmail.com.