Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 01/11/2019 11h11
Atualização: 02/11/2019 14h45

Assim como em 2018, Blumenau e Joinville vão reviver uma decisão de Campeonato Catarinense de Basquete Adulto. Na noite da última quinta-feira (31), em dois grandes jogos, os times garantiram presença na final após superarem Blackstar Joinville e Grande Florianópolis Basket.

No primeiro jogo da noite, a Unisociesc/Joinville passou pelo time da grande Florianópolis por 58 a 46, abrindo vantagem apenas no último quarto de partida, em um jogo muito equilibrado. O duelo de fundo, entre Apab/Blumenau e Blackstar foi ainda mais emocionante. Ao fim, o time da casa venceu por 74 a 68, depois de quase ver a vitória ameaçada, quando os joinvilenses do Blackstar chegaram a ficar três pontos atrás do placar no minuto final.

Agora, os finalistas Apab/Blumenau e Unisociesc/Joinville voltam a se enfrentar cerca de um mês após decidirem a Copa Brasil Sul, em Brusque. No ano passado, A Apab/Blumenau levou a melhor na decisão do Estadual, enquanto Joinville deu o troco neste ano ao levantar o título da Copa Brasil Sul. O tira-teima entre as equipes ocorre nesta sexta-feira (1), às 20h, no ginásio do Sesc, em Blumenau. Pouco antes, às 18h30, Grande Florianópolis Basket e Blackstar se enfrentam na disputa do terceiro lugar.

Expectativa para a final
Kelvin Soares, treinador da Unisociesc/Joinville, ressaltou as dificuldades que o time teve contra o Grande Florianópolis Basket, uma equipe, segundo ele, malandra e experiente, que sabe controlar o ritmo de jogo. “E como eu havia falado, nosso time é muito novo e, quando tentou acelerar, perdeu muita bola e cedeu o ritmo para outra equipe. A partir do terceiro quarto, quando acelerou com organização, conseguiu diferença suficiente para alcançar a vitória”, diz ele, que quer mais equilíbrio da equipe para conquistar a taça nessa sexta. “Precisamos crescer muito e absorver principalmente a parte física para jogar a final e buscarmos esse título”.

Técnico da Apab/Blumenau, Christian Hare destaca a superação que o time precisou para vencer o Blackstar e também já projeta o duelo com Joinville. “De novo uma sequência de dois jogos. Temos um grupo de seis jogadores, e sempre é muito difícil para tentar recuperar. Mas faremos o possível para estarmos na nossa melhor condição e esperamos fazer um grande jogo para sairmos campeões”, diz ele, que prevê um melhor aproveitamento nas bolas de três pontos para o duelo dessa sexta. “Geralmente temos uma porcentagem bem alta e neste último jogo não foi a ideal. Esperamos melhorar porque Joinville tem uma equipe excelente e sabemos que temos que minimizar nossos erros para buscar a vitória”.

Fotos: Sidney Silva/EsporteSC



Sidney Silva

E-mail para contato redacao2004060538175199@2004060538174371esportesc.com.