Conteúdo
Repórter:
Publicação: 19/12/2018 10h05

A cidade de Balneário Camboriú sediou, no último sábado (15), a grande final do Campeonato Catarinense de Open Boxe. O evento foi organizado pela Federação Catarinense de Boxe (Fecaboxe), entidade chancelada e filiada a Confederação Brasileira de Boxe (CBBOXE).

De Brusque, a Boxe Artmann esteve presente e fez bonito com os seus atletas. Conforme o técnico e responsável pela equipe, Michel Artmann, foram realizados 21 combates. Foram reunidos os dois melhores boxeadores de cada categoria no ano de 2018. “Estiveram presentes equipes de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Fomos com três atletas ranqueados para a final, mas, infelizmente, esse ano não conseguimos trazer nenhum cinturão. Em contrapartida, conquistamos o  terceiro lugar geral por equipes, frente a outras grandes agremiações como Florianópolis, Blumenau, Joinville, e Itajaí”, explica Artmann.

Um dos boxeadores brusquenses a subir no pódio foi Marco Henrique Pacher, 15, cadete que combate na categoria até 66 kg, após enfrentar Lucas Pinhom, de Balneário Camboriú. Além dele, quem também conseguiu boa colocação foi Eduardo Morais, 17, na categoria Juvenil até 69 kg. Ele combateu contra o atual medalha de bronze brasileiro, Valmir Júnior, de Torres (RS). Fernando Souza, 23, também figurou no pódio. Ele, por sua vez, lutou na categoria Elite, até 60 kg, contra Luíz Araújo, de Balneário Gaivota. 

“Os três atletas sagraram-se vice-campeões estaduais em 2018, após nove rodadas realizadas em diversas cidades do estado”, complementa o treinador. “A equipe termina o ano com saldo mais que positivo, pois, apesar das dificuldades e de ainda não termos um projeto patrocinado, treinamos nossos atletas entre outros alunos fitness e que não visam competições... o trabalho exige dedicação, comprometimento, principalmente dos atletas, pois, sabemos da importância de ter mais horários disponíveis e uma equipe competitiva para concorrer por títulos no ano de 2019”.

Com esse resultado em mãos, Artmann se mostra otimista para buscar apoio e recursos para que o projeto continue e forme novos atletas no ringue e na vida. “O boxe está aliado a saúde e educação e, com certeza, irá deixar muitas crianças longes das drogas e criminalidade”.

A equipe de boxe de Brusque compete com apoio de:  Shakal Tattoo, Nossa Forma Suplementos, Vanille Camiserie, Hollatz brindes e Produtos Personalizados, GVA Administradora de Condomínios, MZ Caseados e Confecção, Viva Sport Academia, e, ainda, a consultoria da nutricionista Jaqueline Loschner e do Ortopedista Dr. Teri Roberto Guerios. “Sem essas pessoas nada disso seria possível”, finaliza.