Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 06/10/2019 18h04
Atualização: 18h27

Três dias depois de vencer o Marcílio Dias fora de casa, no primeiro triunfo da equipe na Copa SC, o Bruscão voltou a derrotar o adversário e agora ja vai encostando de vez no pelotão de frente da competição. 

Na tarde deste domingo, diante 1050 torcedores, a equipe bateu o adversário por 3 a 1. Os gols da equipe foram de Moisés, que chegou ao terceiro gol em três jogos com a camisa do Brusque, Bambam, que anotou o primeiro gol com a camisa da equipe, e, por fim, Thiago Alagoano, já nos acréscimos da etapa final.

O gol do Marcílio, que teve o meia Luiz Henrique expulso no fim do primeiro tempo, foi de Lauder, ainda na etapa inicial. 

Etapa inicial

O Brusque dominou completamente os 45 minutos iniciais, mesmo assim, os times foram para o vestiário empatados em 1 a 1. Logo no primeiro lance do jogo, a torcida do Brusque deu o primeiro grito de gol, mas a bola desviada bateu na rede pelo lado de bora.

Com bastante intensidade e boas transições, o Brusque ia empilhando chances de chegar ao gol, com destaque para as boas atuações de Ruan e, principalmente, Moisés, que vem mudando a cara da equipe.

Foi com ele que o Brusque chegou ao gol aos 31 minutos. Após cobrança rápida de lateral, o jogador cortou a zaga do Marinheiro e bateu cruzado. A bola não foi muito forte, mas Victor Prada aceitou: 1 a 0.

Expulsão e empate do Marinheiro 

Aos 44, num lance de ataque, Luiz Henrique ficou pedindo uma marcação para o árbitro Héber Roberto Lopes e foi xingado pela torcida do Brusque. Irritado, o jogador do Marcílio apontou o dedo do meio para os torcedores e acabou expulso, deixando o Marinheiro com um a menos. 

Mesmo assim, o Brusque não aproveitou a vantagem nos minutos finais do primeiro tempo e ainda tomou o empate. Em bobeira da zaga,  Diego Fumaça fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Lauder, sozinho, empatar o confronto: 1 a 1.

Etapa final

A tendência era de que o Marinheiro se retraísse na etapa final para segurar o empate, mas o time mal teve tempo de tentar amarrar o jogo e já sofreu o segundo gol.

Com apenas dois minutos de jogo, Ayrton cruzou e Bambam, de cabeça, mandou para as redes: 2 a 1 Bruscão. 

Aos 5, após grande jogada de Fio, Bambam recebeu entre a zaga e tocou no fundo das redes. A arbitragem, no entanto, anotou impedimento.

Com o passar dos minutos, o Brusque foi criando chances de fazer o terceiro, mas as saídas de Fio para a entrada de Thiago Henrique, e depois de Bambam para a entrada de Vinícius fizeram o time cair de rendimento. Aos mesmo tempo, o Marcílio foi gostando do jogo e, mesmo com um a menos, foi achando alguns espaços. 

Aos 30, Giba recebeu nas costas de Zé Matheus e bateu cruzado, Dida salvou o empate em excelente defesa. A situação do Brusque ficou ainda mais preocupante aos 35 minutos, quando num lance de disputa de bola Ruan acabou expulso.

No 10 a 10, o Marcílio foi ainda mais perigoso, porém foi o Brusque que voltou a balançar as redes, já aos 47, nos acréscimos da partida.

Em lindo contragolpe, Moisés deu assistência para Thiago Alagoano. O jogador dominou e bateu com categoria, sem chances de defesa para Victor Prada. Fim de jogo: 3 a 1, Brusque. O time volta a campo agora na quarta-feira, às 15h, fora de casa, contra o Fluminense de Joinville.

9ª rodada - Demais resultados

Figueirense 0x1 Tubarão 

Almirante Barroso 0x3 Joinville 

Fluminense 4x4 Avaí 

 

Classificação atualizada

1º Marcílio Dias - 18 pontos (SG 11)

2º Avaí - 17 pontos (SG 5)

3º Tubarão - 15 pontos (SG 5)

4º Joinville - 11 pontos (SG )

5º Brusque - 9 pontos (SG -1)

6º Figueirense - 6 pontos (SG -3)

7º Fluminense - 6 (SG -5)

8º Barroso - 5 pontos (SG -7)

Fotos: Lucas Gabriel Cardoso



Sidney Silva

E-mail para contato redacao1912102034044420@1912102034043592esportesc.com.