Conteúdo
Repórter: Redação
Publicação: 20/02/2020 16h17
Atualização: 21/02/2020 10h28

O Brusque está na terceira fase da Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (20), o time não tomou conhecimento do Clube do Remo e conseguiu uma classificação inédita no Gigantinho.

Thiago Alagoano, no primeiro tempo abriu o placar. Na etapa final, Airton, o próprio Thiago Alagoano, Neguetti (contra) e depois Edu (duas, sacramentaram a vitória por 5 a 1. O gol do Remo foi marcado por Giovane, já no segundo tempo de partida. 

LEIA TAMBÉM
>> Duelo registra confronto entre torcidas

Com a classificação, o Brusque ainda garantiu, pelo menos, R$ 1,5 milhões de premiação em virtude da classificação à próxima fase. A equipe espera agora o classificado do confronto entre Brasil de Pelotas e Manaus, que jogam no dia 4 de março na cidade de Pelotas. A terceira fase já terá duelos de ida e volta na Copa do Brasil.

O JOGO

Mais uma vez a torcida do Brusque encheu o estádio e fez uma linda festa no Gigantinho. A torcida do time adversário também fez a sua parte e lotou a sua parte no Augusto Bauer. Com casa cheia, o único incidente ocorreu antes da partida, em frente ao estádio, com uma confusão registrada entre as torcidas que precisou da intervenção da polícia militar.

Com a bola rolando, o primeiro tempo foi de um time só. O Brusque massacrou o adversário e dominou o confronto do início ao fim. Logo com 5 minutos, a torcida chegou a gritar gol após um foguete de Edu. Aos 24, após pênalti de Ximbica em Alex Sandro, o próprio Edu chegou a perder um pênalti. Ele bateu mal, fraco, para defesa tranquila do goleiro Vinícius no lado direito.

Mas aos 40, Thiago Alagoano,  que até então havia aparecido pouco na partida, recebeu dentro da área, tirou de dois marcadores e bateu no cantinho para fazer um golaço: 1 a 0 Brusque.

ETAPA FINAL

Com duas alterações na volta do intervalo, o Remo voltou melhor para o segundo tempo de partida, mas foi o Brusque que começou assustando.

Thiago Alagoano aos 3 minutos obrigou Vinicius a fazer grande defesa após cobrança de falta. Aos 5, o Remo respondeu, e Hélio, que saiu do banco, quase fez o gol de empate. Aos 14, veio o segundo gol. Airton cobrou falta pelo lado esquerdo, a bola entrou direto: 2 a 0 Bruscão.

Com a vitória parcial, a festa foi completa no Gigantinho. Com 20 minutos da etapa final, os torcedores já faziam a festa com o celular e gritavam olé. Mas o Remo ainda assustou, num descuido, aos 24 minutos Giovane descontou: 2 a 1. O clima passou para apreensão, mas o Brusque não se abateu. Apesar de o duelo ficar mais perigoso, o time seguia melhor e muito perto do gol no contragolpe. E eles vieram em dose dupla. Aos 31, Thiago Alagoano tirou do goleiro para fazer o terceiro. Mal a bola saiu, em outra jogada com participação de Thiago Alagoano, desta vez Neguetti (o do Remo) mandou contra: 4 a 1. Edu, já nos acréscimos da partida, ainda marcou o quinto e deu números finais ao placar para garantir a festa brusquense no Gigantinho: 5 a 1.



Redação

E-mail para contato contato2004051535156679@2004051535155850esportesc.com.