Conteúdo
Repórter: Redação
Publicação: 23/09/2020 23h27
Atualização: 27/09/2020 09h08

Na noite desta quarta-feira (23), jogando em Fortaleza, Ceará, o Brusque se despediu de forma melancólica da edição de 2020 da Copa do Brasil. A melhor campanha do Bruscão na história da competição acabou na quarta fase, quando o time acabou eliminado pelo Ceará, com uma dura goleada: 5 a 1,

O time alvinegro venceu os dois confrontos. Na semana passada, já havia feito 2 a 0 no estádio Augusto Bauer. Agora, o Brusque volta a focar suas atenções na Série C do Campeonato Brasileiro. Líder do grupo B, o time enfrenta o Volta Redonda, fora de casa, no domingo (27).

Os 90 miniutos
Depois de um primeiro tempo equilibrado, encerrado em 1 a 1, gols de Alexsandro, para o Brusque, e Rafael Sóbis, para o Ceará, o time da casa construiu uma vitória em ritmo de treino na etapa final. Aproveitando um Brusque desconfigurado, em virtude de lesões, o Vozão passou a empilhar chances e goleou ao natural. Rafael Sóbis, Bergson e Airton, contra, anotaram os gols da etapa final. Essa foi a pior goleada sofrida pelo Brusque de Jersinho desde que o treinador assumiu o comando da equipe, há um ano.

Primeiro tempo
Foi um primeiro tempo bem disputado na Arena Castelão, em que os times fizeram um jogo equilibrado e o 1 a 1 acabou sendo justo. O Brusque começou bem, chegou a abrir 1 a 0 em pênalti sofrido por Garcez e convertido por Alexsandro aos 18 minutos. Mas aos 44, após passe de Vinicíus, Rafael Sóbis deixou tudo igual.

Lesões atrapalham equipe
O Brusque vencia por 1 a 0 quando Éverton Alemão deixou o campo, aos 25 minutos, sentido a coxa, para a entrada de Claudinho, que formou a dupla de zaga com Cleyton. Ainda antes do intervalo, Marco Antonio também sentiu. Entrou Eliomar. Antes, o time já havia iniciado a partida sem Ianson, machucado, e Thiago Alagoano, suspenso. Com isso, precisando buscar o resultado, Jersinho chegou a mandar um time bem ofensivo a campo, com Garcez no lugar de Alagoano, com Marco Antonio, Alexsandro e Itinga no ataque.

Ceará goleia em ritmo de treino
Após fazer um bom primeiro tempo, o Brusque foi totalmente dominado na etapa final. O Ceará controlou o jogo desde o primeiro minuto. Com espaço nas duas laterais, em cima de Edilson e Airton, sobrecarregados, o Vozão passou a criar inúmeras chances. O gol era só questão de tempo. O chute na trave de Vinicius, aos 10 minutos, era um prenúncio do que estava por vir. Dominado, o Brusque assistia o Ceará jogar em ritmo de treino e não mostrava reação. A goleada veio ao natural, com três gols em sequência pelo lado direito da defesa brusquense. Rafael Sóbis, aos 18, marcou o gol da virada em chute cruzado. Depois Bergson, aos 29, fez o terceiro, novamente em chute cruzado pelo lado esquerdo de ataque do Ceará e direito da defesa do Brusque. Poucos depois, Airton marcou contra, em outro cruzamento pela esquerda do ataque. Já no apagar das luzes, aos 44 Tiago ainda fechou o placar: 5 a 1 



Redação

E-mail para contato contato2011280349351074@2011280349359918esportesc.com.