Conteúdo
Repórter: Redação
Publicação: 30/07/2020 19h48
Atualização: 20h20

O Bruscão está nas semifinais do Campeonato Catarinense. Depois de 28 anos, após ser campeão estadual em 1992, a equipe novamente garante vaga entre os quatro melhores. Em 1998, o time chegou à terceira colocação, mas o modelo de disputa à fase final era no formato de quadrangular.

A equipe brusquense garantiu a classificação após vencer o Joinville por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (30). Marco Antonio e Edu fizeram os gols. Trindade descontou para o JEC, já no segundo tempo. No duelo de ida, o Bruscão já havia vencido por 1 a 0.

O adversário do Brusque nas semifinais será o Juventus de Jaraguá do Sul, com a primeira partida em Jaraguá e a segunda no Augusto Bauer.

O jogo
Com a baixa de Alexsandro, que sentiu na última hora e deu lugar a Fabinho, e Cleyton na vaga de Ianson, com coronavírus, o Brusque entrou em campo com a vantagem de ter vencido por 1 a 0 o jogo de ida e precisando de apenas um empate para avançar às semifinais.

Mesmo assim, o Brusque não esperou o adversário e foi quem criou a primeira grande chance da partida, com Edu, aos 12 minutos. O atacante tirou da marcação dentro da área e ficou com o gol aberto. Mas pegou mal na bola.

Com pouca criatividade e errando muitos passes, o Joinville viu a vantagem do Brusque aumentar aos 20 minutos, após linda jogada individual de Marco Antonio. O camisa 11 passou por dois marcadores, invadiu a área e marcou um golaço ao tocar por cima do goleiro Dalberson. Aos 37, Braga, em chute de fora da área, obrigou Zé Carlos a fazer grande defesa, em uma das poucas chegadas do Joinville. O placar se manteve em 1 a 0 Bruscão até o intervalo de partida.

Etapa final
Na etapa final, o jogo não mudou muito de roteiro. A novidade foi a trave, que ajudou o Brusque em momentos importantes da partida. A primeira vez foi aos 9 minutos, em finalização de Luquinhas. O JEC se assanhou e aos 18 foi a vez de Lucas de Sá mandar uma bomba, também no travessão.

Vivendo um momento perigoso na partida, o Brusque respirou aos 19 minutos. Zé Matheus invadiu a área e acabou derrubado. Na cobrança do pênalti, o artilheiro Edu foi para as redes: 2 a 0 Bruscão.

Com o placar de 3 a 0 no agregado, e a classificação praticamente garantida, o Brusque passou a administrar o jogo. Mesmo assim, voltou a contar com a ajuda da trave, aos 33 minutos, em bola de cabeça. Mas desta vez, na sequência do lance, Trindade apareceu para descontar: 2 a 1 Bruscão e resultado final de partida.

Quartas de final – Volta

Quarta-feira (29/07)

21h30 | Figueirense 1x4 Juventus | Orlando Scarpelli | (ida 1x2 Figueirense)

Quinta-feira (30/07)

16h | Marcílio Dias 0x1 Criciúma | Dr. Hercílio Luz | (ida 0 a 0)

18h | Brusque 2x1 Joinville | Augusto Bauer | (ida 0x1 Brusque)

20h | Avaí x Chapecoense | Dr. Aderbal Ramos da Silva | (ida 2x0 Chapecoense)


Disputa contra o rebaixamento – Ida

Sábado (01/08)

15h | Tubarão x Concórdia | Domingos Silveira Gonzales


Disputa contra o rebaixamento – Volta

Quarta-feira (05/08)

15h | Concórdia x Tubarão | Domingos Machado de Lima

*As partidas das semifinais serão realizadas no domingo (02/08) e na quarta-feira (05/08).



Redação

E-mail para contato contato2011292128147649@2011292128146820esportesc.com.