Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 01/09/2018 18h47
Atualização: 21h03

Prestes a completar 105 anos, o Clube Atlético Carlos Renaux escreveu neste sábado (1) mais um bonito capítulo da sua centenária história. No dia em que celebrou o retorno ao futebol profissional, o Vovô do futebol catarinense não tomou conhecimento do Porto e goleou o adversário com extrema facilidade: 7 a 0.

GALERIA
>> Veja as imagens que marcaram o retorno do Vovô

O grande destaque da equipe foi o zagueirão Erivelton, que teve uma tarde mágica ao anotar três gols, entre eles o primeiro gol tricolor neste retorno ao futebol profissional. Daniel Bahia, duas vezes, além do também zagueiro Arthur, e do meia-atacante Luizinho, que entrou já no segundo tempo, anotaram os outros gols do Vovô, que ainda teve duas bolas na trave.

Agora o time se prepara para dois jogos de fora. O primeiro deles diante do Caçador, na sexta-feira, e na semana seguinte contra Jaraguá, novamente fora de casa.

Primeiro tempo
O Carlos Renaux começou o primeiro tempo com tudo e logo aos 4 minutos chegou ao primeiro gol com o zagueiro Erivelton, de cabeça, após cobrança de escanteio. Melhor na partida, o Vovô ampliou aos 27 minutos, novamente com o zagueiro. Atrás, o goleiro Felipe fez apenas uma defesa difícil durante toda a partida.

Segundo tempo
Com 2 a 0 no placar, o cenário ficou ainda mais favorável ao Renaux quando Daniel Bahia aproveitou rebote do goleiro para fazer o terceiro tricolor logo aos 4 minutos. Não demorou, o companheiro de Erilvelton na zaga, Arthur, marcou o quarto, aos 9, e o próprio Erivelton ainda anotou o quinto, aos 13. O drama do Porto parecia que chegaria ao fim com o passar dos minutos, até que a arbitragem, até de certa forma desnecessária, ainda desse 3 minutos de acréscimos. Bom para o Vovô, que ainda balançou as redes outras duas vezes: Aos 45 minutos e 30 com Daniel Bahia e aos 47 com Luizinho, que só completou para as redes.

Jogo memorável
Demorou apenas 4 minutos de jogo para os cerca de 600 torcedores que compareceram ao estádio (510 pagantes), número expressivo para uma divisão de acesso como a Série C, tirarem o grito de uhh da garganta. Após cobrança de escanteio, o zagueirão Erivelton subiu bonito para testar para o fundo dos gols de João Vitor e entrar para a história do Vovô ao fazer o primeiro gol tricolor no retorno ao futebol profissional.

Ele queria mais
Não bastasse anotar o primeiro gol do clube, Erivelton ainda balançou as redes em outras duas oportunidades. Ele também fez o segundo, aos 27 minutos de jogo, e ainda marcou o quinto, aos 13 do segundo tempo. Realmente uma atuação digna de gala, que poderia valer música no Fantástico ao zagueiro-artilheiro tricolor.

Os destaques
Além de Erivelton, outros jogadores também brilharam na vitória atleticana. O atacante Daniel Bahia marcou dois gols, enquanto o lateral-esquerdo Murilo, e o volante Willian apareceram com maestria, tanto no apoio ao ataque quanto no setor de marcação.

E cabia mais
Se engana quem pensa que o placar de 7 a 0, apesar de impressionante, acabou exagerado para o Carlos Renaux. O placar ainda ficou barato. Com 5 a 0 para o Vovô ainda com 13 minutos do segundo tempo, o time deu uma acalmada, para sorte do Porto. Antes disso, além dos gols, o time tricolor já havia acertado duas bolas na trave nos 45 minutos iniciais.

Homenagens no intervalo
Um dos momentos mais bonitos da volta do Vovô ao futebol profissional foi a homenagem a ex-atletas do clube que foram lembrados no intervalo da partida. Cerca de 30 deles voltaram a pisar no estádio, palco de tantas alegrias, para receber um certificado personalizado em reconhecimento aos feitos pelo clube. Destaque para Carlinhos Belli e Marlene Petruschky, que representou o craque Egon Petruschky (in memorian), ambos receberam uma placa com o nome dos atletas. O clube também realizou o sorteio de camisas oficiais do Carlos Renaux, e entregou outras que foram sorteadas pelos veículos de imprensa de Brusque e região. (Veja imagens)

Público corresponde e marca presença
Cerca de 600 pessoas prestigiaram o retorno do Vovô ao futebol profissional e a goleada pra cima do Porto. O fato é que, durante a semana, a cidade voltou a respirar um pouco das cores tricolor. O público pode ser considerado excelente comparado as baixas médias nos Campeonatos Catarinenses das Séries B e C.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Catarinense Série C – 1ª rodada
Carlos Renaux 7x0 Porto
Data: Sábado (1/9/2018)
Hora: 17h
Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque
Carlos Renaux: Felipe; Thierry (Djoni), Arthur, Erivelton e Murilo; Willian, Thiago Cristian, Djonata (Daniel) e Alisson; Djalma (Luizinho) e Daniel Bahia. Técnico: Altair Heck (Taico)
Porto: João Vitor; Gabriel (Filipe), Bruno, Alef e Erik; Gustavo, André, Anderson e Pedro; Euller (César) e Clervelin. Técnico: Tuta
Gols: Erivelton, aos 4 e 27 minutos do primeiro tempo, Daniel Bahia, aos 3, Arthur, aos 9, Erivelton, aos 13, Daniel Bahia, aos 45, e Luizinho, aos 47 minutos do segundo tempo para o Carlos Renaux.
Cartões amarelos: Thierry e Daniel Bahia (CACR), Gabriel e Pedro (P)
Arbitragem: Gabriel dos Santos Kretzner, auxiliado por Bruno Muller e João Felipe Neto 



Fotos: Diego Sestrem/Level Comunicação/EsporteSC



Sidney Silva

E-mail para contato redacao1911132237524898@1911132237524069esportesc.com.