Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 21/02/2016 18h40
Atualização: 22/02/2016 23h51

A primeira rodada do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Brusque encerrou na tarde de domingo (21) com um duelo movimentado e com polêmica entre River Plate Azambuja e Âncora Metal.

Os times proporcionaram uma partida intensa, com muita disputa de bola, mas de poucas finalizações e chances reais de gols. No primeiro tempo, o Âncora chegou a comemorar, mas a arbitragem anulou o gol em razão de um jogador da equipe que havia sido expulso ainda estar dentro de campo na hora da jogada.

> Veja imagens da partida no Vicente Bissoni

Gols validados mesmo somente na segunda etapa, quando os dois times já estavam desfalcados em no um duelo de muito contato físico e três expulsões. O Âncora teve dois jogadores colocados para fora, contra um do River Plate. O resultado de 1 a 1 acabou sendo interessante para os dois times, mas foi mais comemorado pelo River Plate, já que o Âncora, mesmo com um jogador a menos, vencia a partida até os 45 minutos da etapa final. “É um adversário muito pegado, mas a gente não se intimidou e demos o nosso melhor”, diz  Daniel Paixão Jesus, que ao lado do técnico Danilo Damascena dos Santos comandou a equipe do River Plate do lado de fora do gramado.

Para o treinador, o resultado acabou sendo justo, mas ele diz que a equipe tinha condições de ter vencido. “Na realidade teve muito erro para os dois lados, mas acho que poderíamos ter ganho, não desvalorizando a equipes deles, mas perdemos dois jogadores no meio e prejudicou. O time deles é um time muito entrosado também e dificultou para a gente um pouco”, destaca.

O jogo nos 90 minutos
O River Plate começou a partida melhor que o Âncora, mas a superioridade durou apenas os 15 minutos iniciais. Depois, o rival se acertou no jogo e passou a ter um leve domínio sobre o adversário. Apesar disso, ambos os times pouco criaram durante os 90 minutos. Muita correria, empurra-empurra, mas chutes ao gol mesmo somente em lances isolados. O jogo começou a esquentar mais pelas chegadas fortes do que pelas chances de gols. Ainda no início da partida, o camisa 2 do River, Helder Barros, e o 11 do Âncora, Walace Viana, se estranharam e já levaram cartão amarelo. 

Na primeira grande chance da partida, aos 20 minutos, o camisa 10 do Âncora, Ricardo Elói, recebeu na cara do gol, mas na hora de tirar do goleiro mandou por cima. Próximo aos 25 minutos surgiu o lance polêmico do jogo. Luiz Antônio, do River, e Elton dos Santos, do Âncora, se agrediram em uma jogada próxima ao meio de campo e foram expulsos. Na sequência, em lance rápido e jogada bem trabalhada, o Âncora abriu o placar.

Avisado pelo bandeirinha, no entanto, a arbitragem anulou o gol em razão do camisa 7 do Âncora, Elton, que havia acabado de ser expulso, estar dentro de campo no momento do gol. O lance gerou muita reclamação da equipe que abriu o placar, enquanto jogadores do River agradeciam a arbitragem. Passado o lance, o Âncora continuou com mais volume de jogo, mas não conseguiu aproveitar alguns espaços deixados pelo River no setor defensivo.

Etapa final
O segundo tempo voltou a ficar equilibrado em seu início, mas os dois times seguiam sem criar nada de perigo. Aos 20 minutos, o Âncora teve mais um jogador expulso, desta vez Ernane Júnior por desviar bola com a mão e receber o segundo amarelo.
Quem pensava que o River iria para cima, no entanto, se enganou. A equipe perdeu dois jogadores lesionados e não conseguiu propor o jogo. Para piorar, o time ainda viu o rival sair à frente do placar.

Em cobrança de falta rasteira, a bola beijou o pé da trave esquerda antes de sobrar para Tassio, sem marcação, empurrar para as redes: 1 a 0 Âncora. A chance do empate do River veio aos 32 minutos. Após linda jogada de Laécio, Jean recebeu livre, mas isolou. Pouco depois, Tássio ainda teve a chance de matar a partida para o Âncora aos 40 minutos, mas foi parado pela boa defesa do goleiro adversário.
O castigo veio já aos 45 minutos da etapa final. Em jogada trabalhada pelo lado esquerdo, uma das poucas do jogo, a bola foi rolada para o meio da zaga do Âncora até que Laécio encheu o pé para fazer um bonito gol, sem chances para o goleiro adversário. Placar final, River Plate Azambuja 1x1 Âncora.

LEIA TAMBÉM
> Campeonato inicia com empate entre Paysandú e Carlos Renaux
> Caçador estreia com vitória pra cima do Limeirense

Veja abaixo como ficaram os jogos da 1ª rodada do campeonato

DATAHORALOCALGRUPO EQUIPE  AxEQUIPE  B
20/0217hEst. do Paysandu – CentroBPaysandu0x0Carlos Renaux
20/0215h30Est. Reinoldo Verwiebe – ZantãoASete de Setembro0x2Janpe F.C
21/0210hEst. da Abresc – Águas ClarasBAbresc1x1Santa Cruz de Pernambuco
21/0210hCampo do Davi – Thomaz CoelhoCaçador4X1Limeirense
21/0210hEst. do Cedrense – Dom JoaquimTeam Soccer– TSC0x11Cedrense
21/0215h30Est. do Cedrense – Dom JoaquimARiver Plate Azambuja1x1Âncora Metal


Sidney Silva

E-mail para contato redacao2011291758326409@2011291758325580esportesc.com.