Conteúdo
Repórter: Redação
Publicação: 19/10/2020 20h47
Atualização: 21h35

Por Nicole Zanon

O Clube Atlético Carlos Renaux apresentou na tarde desta segunda-feira (19) o novo técnico da equipe para a Série C do Campeonato Catarinense. O ex-atacante Cléber Schwenck Tiene chega para comandar o Vovô na busca pelo acesso. Além do novo técnico, o clube apresentou também a nova comissão técnica. Ao seu lado, Schwenck terá Luiz Ricardo de Souza como auxiliar técnico; Oclébio Silva “Clebão” como preparador físico; Rodrigo da Silva como preparador de goleiros e Lucas Duarte como analista de desempenho. 

Ao aceitar o convite do Vovô, o ex-jogador de Marcílio, Figueirense, Joinville e tantos outros times terá seu primeiro teste como treinador de uma equipe profissional. Schwenck chega motivado. Ele diz que o desafio é buscar o título da competição. “Vim com a proposta de ser campeão. Sabemos que é um trabalho difícil, mas com ajuda da diretoria e comissão técnica queremos fazer um ótimo trabalho para conseguir o acesso e o título. É algo que marca. Por isso aceitei o desafio”, destaca.

Durante a apresentação, o presidente do Carlos Renaux, Altair Heck, o Taico, enalteceu o currículo de Schwenck e demonstrou muita alegria com a chegada do ex-jogador ao clube. Para o presidente, a vasta experiência do profissional agrega muito para o clube. Taico ressalta que o Carlos Renaux não almeja somente o acesso, mas chegar à grande final. A estreia no Estadual será em 13 de dezembro, quando o time encara o Atlético Batistense, fora de casa.

Nos próximos dias, o clube começa a apresentar os atletas para a disputa do Estadual. O dirigente comenta que o Vovô vem se preparando desde o início do ano e, mesmo com a pandemia, a busca por patrocínios apresentou um ótimo retorno. O planejamento e a realidade financeira do clube foram apresentados e bem avaliados pela nova comissão técnica do time.

Conheça o currículo de Schwenck

Cléber Schwenck Tiene, o popular Schwenck, tem 41 anos, é ex-jogador de futebol e atuava como atacante. Passou por clubes catarinenses como Criciúma, Joinville e Inter de Lages. Atualmente Schwenck atuava nas categorias de base do Marcílio Dias, clube pelo qual também jogou no fim de sua carreira, em 2018. O ex-atleta também teve passagens por times nacionais como Botafogo, Vitória e Goiás.






Redação

E-mail para contato contato2011291700145719@2011291700144891esportesc.com.