Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 27/10/2016 19h36
Atualização: 21h11

O governo de Santa Catarina confirmou oficialmente no fim da tarde desta quinta-feira (27) o cancelamento dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

O anúncio, que era praticamente uma questão de protocolo, foi feito por meio de nota oficial divulgada à imprensa pela Secretaria de Comunicação e no site da Federação Catarinense de Esporte (Fesporte). (Veja a nota abaixo)

Segundo a nota, assinada pelo presidente da Fesporte, Milton José da Cunha Jr, desde a catástrofe que atingiu o município de Tubarão várias outras cidades foram contatadas para sediar o evento. A principal dificuldade, ainda segundo a nota, ocorreu em razão da falta de tempo hábil para viabilizar a infraestrutura nas eventuais sedes que pudessem sediar a disputa. A nota finaliza dizendo que a competição deve voltar a ser disputada normalmente em 2017.

Repercussão
Antes mesmo do cancelamento, diversos atletas, dirigentes e treinadores já haviam criticado a situação. Em Brusque, técnicos como Eduardo Gohr, do ciclismo, José Armando Vasquez Soto, o Bay, da natação, e João Francisco Nunes, técnico do atletismo, defenderam que é preciso pensar o que sequer da competição para os próximos anos. No ano passado, a competição já havia ficado na berlinda por questões financeiras. “Entendo, sinceramente, que seria interessante uma mobilização popular para efetivamente ter mudanças no cenário esportivo catarinense”, defende Gohr.

Para Nunes, o cancelamento dos Jasc é um fato triste para a história esportiva do estado. “Participo dos Jasc desde 1974 e é muito triste o desrespeito que o governo e dirigentes estaduais estão tendo com o esporte em Santa Catarina. Nossos atletas treinaram o ano todo visando essa competição, que é o coroamento máximo para o atleta”, lamenta. “E os custos financeiros que as prefeituras tiveram para manter esses atletas até o mês dos Jogos Abertos? Como resolver tudo isso? É mais fácil decretar que não haverá os Jasc e convidar para os Jasc de 2017”, questiona.

Bay afirma que falta organização da Fesporte. "Isso aconteceu porque não tinham um plano B. Então, quando acontece um imprevisto são obrigados a cancelar o evento. A Fesporte vem errando na organização da Olesc e dos Joguinhos também. Agora faz isso com os Jogos Abertos. Quem sofre são os atletas que treinaram o ano inteiro para a competição", lamenta. O técnico afirma que como esportista fica profundamente desapontado com o cancelamento do evento. "Acredito que as federações de cada esporte específico deveriam participar mais da organização dos Jasc, Joguinhos e Olesc. Na natação, por exemplo, por vezes os eventos são realizados em lugares sem a mínima estrutura para isso". 

Os Jogos Abertos de Santa Catarina é a principal competição poliesportiva do estado. Em 2016, a competição contaria com cerca de 4 mil atletas de 86 municípios catarinenses. Essa é a terceira vez na história que o evento não será realizado. Em 1983, por causa da tragédia climática que devastou Blumenau, e em 2008, em virtude das enchentes que atingiram Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros e Timbó,  cidades onde ocorreriam as competições.

Veja abaixo a nota oficial divulgada pelo Governo do Estado

A Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) comunica que a etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), edição 2016, foi cancelada. A decisão foi tomada após o município de Tubarão desistir de sediar os Jasc em razão dos estragos causados pelo temporal que atingiu a região Sul, no dia 16 de outubro. Muitos dos ginásios que seriam utilizados nas competições e os locais  que serviriam de alojamento para os atletas sofreram danos.

 Nos últimos dias, a Fesporte contatou diversos municípios para evitar o cancelamento dos Jasc, mas, as prefeituras não manifestaram interesse em receber a competição. O motivo é a falta de tempo hábil para viabilizar a infraestrutura necessária para contemplar todas as modalidades esportivas.

O Governo do Estado considera os Jasc – evento que reúne mais de 3,5 mil atletas catarinenses - como a mais importante competição poliesportiva de Santa Catarina e trabalha, a partir de agora, para garantir o retorno desta tradicional competição esportiva de nosso estado em 2017.

Florianópolis, 27 de outubro de 2016.

Milton José da Cunha Jr.

Presidente





Sidney Silva

E-mail para contato redacao2012011606118215@2012011606117386esportesc.com.