Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 12/04/2016 09h32

O principal nome da história do tênis nacional, Gustavo Kuerten, o Guga, esteve em Brusque nesta segunda-feira (11). O jogador que brilhou no fim da década de 1990 e início dos anos 200 com títulos importantes como o tricampeonato de Roland Garros, na França (1997, 2000 e 2001), fez uma visita surpresa à Sociedade Esportiva Bandeirante (SEB).

Guga aproveitou para almoçar no local que foi sua casa durante algumas temporadas, quando representou Brusque nos Joguinhos e Jogos Abertos de Santa Catarina junto com seu irmão, Rafael. Na visita, encontrou com o técnico Leo Facchini, até hoje seu grande amigo, jogou tênis com a criançada e prometeu retornar em breve. “O Guga é um cara espetacular, uma pessoa muito humilde que sempre quando vem ao clube almoçar vai nos procurar até mesmo pela parceria que tivemos no passado”, diz Facchini.

Ele comenta que ficou conversando por cerca de uma hora com Guga, que espontaneamente voltou após o almoço para jogar tênis com os atletas da escolinha da SEB. “Foi maravilhoso. Após o almoço, ele retornou e foi lá bater bolinha com as crianças. O pessoal aproveitou, tirou fotos. Com certeza muitos não conseguiram dormir essa noite”, diz Facchini. “Era impressionante como olhavam para o Guga, com aqueles olhinhos arregalados”, comenta o professor.

Relação antiga
A relação de Guga com Brusque é de longa data. Facchini comenta que o atleta tem uma gratidão muito grande pela cidade que o acolheu ainda em seu início de carreira. “Na época (meados da década de 1980), o tênis de Florianópolis era muito forte, e o Guga, até pelo fato de ser muito novo, ainda não estava no time principal. E a mãe dele ligou para mim perguntando se era interesse ter o Guga e seu irmão, Rafael, para jogar com a gente competições como Joguinhos e Jogos Abertos, pois mesmo tendo outras propostas, ela gostaria que fosse por aqui, pois já tinha ligação com a cidade”, explica. “Se eu não me engano em 1989, não consigo mais precisar o ano, na época o Guga e Rafael eram pequenos, com uma equipe jovem e somente eu de experiente, ficamos em quarto lugar nos Jogos Abertos. Depois tivemos parceria com Larri (Passos) e com ele (Guga) ficamos campeões inéditos em Tubarão”, conta Facchini.



Sidney Silva

E-mail para contato redacao2009290503458798@2009290503457970esportesc.com.