Conteúdo
Repórter: Redação
Publicação: 16/07/2020 12h49

A equipe de natação de Brusque firmou acordo no último mês para treinar nas piscinas da Academia Viva. A parceria foi anunciada pela presidente da Associação Brusquense de Amigos e Incentivadores da Natação (Abain), Daniela Moritz, e pelo técnico José Armando Vasquez Soto, o Bay, durante o programa EsporteSC TV Entrevista.

Dani destacou que a equipe de rendimento vinha realizando as atividades no Clube de Caça e Tiro Araújo Brusque, mas havia a necessidade de uma piscina maior para o desenvolvimento dos nadadores. “Só temos a agradecer a Viva por ter nos aberto as portas, em nome da Claudete (Zucco), Gustavo (Borba) e Léo Ristow. Com certeza é um passo muito importante para a equipe e todos os nadadores“, diz Dani, lembrando que a academia, junto com a CCN e a Gaivota, já é uma parceira dos projetos de escolinha.

Dani também aproveitou a oportunidade para agradecer a todo apoio à equipe durante o período em que os atletas treinaram no Caça e Tiro. “Em nome do presidente Evaldo Ristow, da Naira (Kock) e Serginho (Hoffmann), gostaria de agradecer a todos do Caça e Tiro que sempre nos apoiaram durante esse tempo que estivemos no local”, comenta a presidente.

Segundo ela, a mudança ocorreu, principalmente, pelo fato de a piscina não ser coberta, o que gerava uma dificuldade de manter os nadadores em ação no inverno. No ano passado, os atletas de rendimento da Abain já haviam treinado na Viva Academia.

Técnico da equipe, Bay destaca a importância dessas parcerias e o fortalecimento da natação. “Esses parceiros são fundamentais, porque a natação é uma modalidade que representa e leva o nome de Brusque para fora. Hoje temos uma equipe de rendimento competitiva e um projeto social em parceria com a Fundação Municipal de Esportes em que atendemos mais de 100 crianças de escolas públicas municipais que aprendem a nadar”, diz Bay.

Tanto ele quando Daniela ressaltam que a intenção é, junto com as academias, fundação e iniciativa privada cada vez mais fortalecer a natação. “Temos projetos grandiosos pela frente, e vamos batalhar para que eles se concretizem. Penso que toda criança deveria ter a chance de, ao menos um ano na sua vida, fazer natação, não só pela questão do esporte, mas também de saúde. Poder proporcionar isso é muito gratificante”, diz Daniela, que é mãe de dois nadadores da Abain. “Tivemos que dar uma segurada no projeto em razão da pandemia, mas, ele está estruturado. Com certeza vamos dar continuidade e cada vez engrandecer mais essa iniciativa”, complementa Bay. Além da FME e da Viva Academia, a Abain tem apoio da Havan.




Redação

E-mail para contato contato2011241102383161@2011241102382332esportesc.com.