Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 03/04/2017 20h13
Atualização: 20h25

Com apenas 11 anos, o brusquense Lucas Rech vem, a cada dia, chamando a atenção pelo seu desempenho dentro da água. E não é somente na piscina que o jovem atleta vem ganhando os holofotes. Depois de se destacar nas provas rápidas, sobretudo no crawl e borboleta, o brusquense passou a desafiar também os próprios limites nas travessias e tem alcançado bons resultados.

Um dos principais deles ocorreu há cerca de uma semana quando Rech se tornou campeão do ranking 2017 na categoria absoluto da prova de 800 metros do Circuito de Travessias Bombinhas. Anteriormente, o atleta já havia sido campeão em duas oportunidades (2016 e 17) na prova dos 200 metros.

Segundo o treinador do atleta na Abain/Extreme Academia/FME, José Armando Vasquez Soto, o Bay, Rech já vinha desde o ano passado trabalhando na prova de 800 metros. “E eu digo que essa prova já ficou um pouco mais fraca para ele, pois ele sempre é primeiro no geral. Um garoto de 11 anos que vem crescendo nas competições de travessias e natação. Uma promessa dentro de Brusque”, destaca.

O pai de Lucas, Maurício Rech, diz que o atleta nada desde o primeiro ano de vida. Dedicado, tem alcançado os resultados ao natural. “Desde o início ele sempre quis natação. Queria colocar ele no futebol, mas ele adora piscina. Não só travessia no mar, mas também à piscina, onde ele se destaca em provas rápidas”, diz.

Atualmente, ele comenta que o filho sempre termina entre os melhores em todas as competições que disputa em Santa Catarina, e também já ficou entre os top 10 do ranking nacional. São 64 participações em campeonatos estaduais, e 4 sul-brasileiros no currículo, com direito a uma medalha de ouro. (ver imagens das medalhas abaixo) “E quero treinar forte esse ano para chegar ainda mais longe”, diz o jovem atleta.

O objetivo tanto do pai, Maurício, quanto do treinador, Bay, é que Rech agora busque objetivos maiores. Segundo o treinador, a tendência é que o atleta passe a competir nas travessias de 1,5 mil metros. “Acredito que este ano e 2018 ele tem que participar destas provas, já são por categorias, ele vai atuar ao lado de atletas da idade dele e pode ser que seja um pouco mais competitivo. Espero que ele consiga melhorar mais”, diz. “Outro objetivo é que ele não fique somente nas Travessias de Bombinhas, mas também nade pelos circuitos da federação, onde as competições são mais organizadas e mais competitivas”, completa Bay.


Circuito de Travessias Bombinhas
O último Circuito de Travessias de Bombinhas teve ainda outros atletas da Abain como destaque. Além de Lucas Rech, outros quatro atletas da Abain/Extreme Academia pegaram pódio na disputa. (Veja abaixo)

Resultados
Lucas Rech – 2º lugar na prova dos 800 metros
Gustavo da Silva – 2º lugar na prova dos 200 metros}
Guilherme Calado – 2º lugar na prova dos 1500 metros (25/29 anos)
Luís Fernando de Oliveira Farias – 2º lugar na prova de 3000 metros (11/13anos)
Pedro Quindota – 3º lugar na prova dos 1500 metros (11/13 anos)

Veja abaixo os principais feitos de Lucas Rech

Campeonatos estaduais

64 participações
20 medalhas de ouro
19 medalhas de prata
14 medalhas de bronze

Sul-Brasíleiros

4  participações
1 medalha de ouro
5 medalhas de prata
4 medalhas de bronze 

Circuito de Travessia de Bombinhas
15 participações
7 vezes campeão da prova de 200 metros
2 vezes vice-campeão

Prova dos 800 metros geral sem categoria
2 vezes campeão
4 vezes vice campeão

2 anos seguidos campeão do ranking (2015/16) na prova dos 200 metros

Campeão do ranking 2017 Prova 800 metros geral sem categoria
 
1 participação na Travessia.com 1000 metros - vice campeão 

1 participação na travessia dá fasc federação catarinense de natação ilha de Porto Belo  1.500 metros ficando entre os 10 melhores dá categoria



Sidney Silva

E-mail para contato redacao1911181910581075@1911181910589926esportesc.com.