Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 11/11/2016 15h56

A natação de Brusque terá um desafio pra lá de importante neste fim de semana. Os atletas da Abain/Extreme Academia vão representar Brusque nos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc). 

A competição inicia somente no dia 16 de dezembro em Caçador, mas a natação foi adiantada para ser realizada simultaneamente com a última etapa do Festival Mirim Petiz em Palhoça. “Depois que Brusque decidiu não participar da Olesc, a natação talvez seja a única modalidade a representar a cidade na competição”, ressalta o técnico da Abain, José Armando Vasquez Soto, o Bay.

Ele comenta que serão oito brusquenses na competição. “Já falo há um ano que estamos em uma fase de renovação de nadadores, mas acredito que na Olesc podemos ter grandes resultados”, comenta Bay.

Entre os principais favoritos para medalhas estão nadadores como Manuela Klann e Henrique Pavesi. “Estou com bastante expectativa e um pouco nervoso. Meu objetivo principal é melhorar o tempo e conseguir bons resultados”, diz o último atleta, que competirá em quatro provas em Palhoça.

Outra favorita a medalha, Manuela já esteve presente na competição no ano passado. Mais experiente, espera brigar para chegar entre as seis melhores colocadas. Em Palhoça, a atleta compete no nado peito, costas e borboleta, além dos revezamentos 4x100 medley e livre. “Ano passado eu não tinha muita chance, tinha apenas 12 anos. Era a primeira vez enfrentando meninas mais velhas. Agora tenho condições de chegar”, destaca a atleta.

Quem também já tem experiência em Olesc é Ana Lúcia, 14 anos. A atleta de 14 anos participa de sua última Olesc com o objetivo de melhorar tempos. “Essa é a minha terceira vez. No ano passado já fui bem. Na primeira vez ainda não nadava muito”, comenta. Ana Lúcia compete nos 50, 200, 400 e 800 metros livres. Além de Ana Lúcia, Ana Beatriz Herber é outra que participa de sua última Olesc. “Espero ir melhor do que em relação aos outros anos. Agora já estou acostumada para brigar por resultados melhores”, observa. A atleta nadará os 100 metros livres, 50 costas, 50 e 100 borboleta e os revezamentos 4x100 livre e medley.

Os brusquenses Arthur Assino, Arthur Kormann, João Quaiato, e Celine Cardoso completam a equipe brusquense que participa da Olesc. “Vamos com uma expectativa muito boa para ficar pelo menos entre os seis melhores”, destaca Cassino.

Mirim Petiz
Paralelamente à Olesc, os atletas da Abain participam do Festival Mirim Petiz. A equipe brusquense será comandada pelo técnico André Marinho, o Deko, e será representada por 15 atletas na competição. Essa é a última etapa da disputa. Por isso, o treinador espera uma “evolução natural” dos atletas. “O objetivo em cada nova competição sempre é baixar tempo”, ressalta.

A expectativa da equipe brusquense é ganhar entre 15 e 20 medalhas. Cada atleta disputa em média quatro provas. As principais atenções estão em cima do desempenho de Lucas Rech, dos irmãos Bernardo e Gabriela Zoschke, além de Ieda Camargo, Luís Teixeira, Pedro Quindota, e Luís Farias. Todos são favoritos em suas provas.


Sidney Silva

E-mail para contato redacao2008041026016043@2008041026015215esportesc.com.