Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 08/09/2019 18h10
Atualização: 18h21

No primeiro jogo pós-título da Série D, o Brusque FC acabou empatando em 2 a 2 com o Tubarão num jogo movimentado no estádio Augusto Bauer.

Na estreia da Copa SC, o Tubarão, time dirigido pelo técnico Pingo, campeão da Copinha do ano passado com o Brusque, saiu vitorioso por 2 a 0, no primeiro tempo. Mas o estreante Evandro Guimarães mexeu na equipe e reverteu a desvantagem na etapa final, consolidando a igualdade no placar ao fim dos 90 minutos.

O jogo

Além da estreia do técnico no comando do Bruscão, outra novidade foi Hamilton, ex-Manaus, que foi discreto na sua primeira partida com a camisa do Marreco. 

Treinando há dois meses para a competição, o Tubarão se mostrou um time muito disciplinado e conseguiu controlar as principais peças do Brusque na primeira etapa.

Sempre intenso nas laterais, o Brusque pouco contou com o apoio dos alas Airton e Zé Matheus nos 45 minutos iniciais. Na frente, o estreante Hamilton ficou sobrecarregado na criação,  enquanto Thiago Henrique não fez um bom jogo e Vinícius não conseguiu substituir a altura o artilheiro Junior Pirambu.

O Brusque deu o primeiro chute a gol aos 7 minutos, numa pancada de Jefferson Renan defendida por Belliato. Mas não demorou o time viu o Tubarão abrir 2 a 0 em 20 minutos. 

O primeiro gol saiu aos 12 minutos numa infelicidade. Após cobrança de falta, a bola rebatida sobrou para o volante Davi Lopes. O jogador bateu de fora da área, a bola desviou e entrou: 1 a 0.

O segundo gol veio com uma jogada de dois jogadores com passagem pelo Brusque. Eliomar passou pela marcação e encontrou Leilson. O camisa 8 só deslocou Zé Carlos: 2 a 0.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, o Brusque teve uma boa chance em bicicleta de Thiago Henrique, mas a bola foi fraca e Belliato defendeu.

Etapa final

Na etapa final, o Brusque entrou com mudanças e conseguiu chegar ao empate. Muito também pela entrada do meia Robert, que mudou a cara do jogo. O atleta entrou na vaga de Vinicius, com isso Hamilton foi adiantado para fazer o pivô. O time cresceu em campo e passou a pressionar em busca do gol. 

Aos 30 minutos, após cruzamento de Airton, enfim saiu o primeiro gol. Ianson, de cabeça, mandou para as redes: 2 a 1. O gol animou o time e a torcida. Não demorou, em bola parada, Zé Matheus cobrou falta no cantinho e deixou tudo igual: 2 a 2.

Os 10 minutos finais ganharam emoção, ainda mais depois da expulsão de Parrudo, que deixou o Tubarão com um a menos. O Brusque tentou pressionar, mas não conseguiu mais balançar as redes. Fim de jogo: Brusque 2x2 Tubarão.

Fotos: Lucas Gabriel Cardoso/BFC



Sidney Silva

E-mail para contato redacao1909202131231400@1909202131231057esportesc.com.