Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 09/07/2020 20h18
Atualização: 22h02

Foram 116 dias sem futebol, mas já no primeiro jogo após o retorno do Campeonato Catarinense, o Brusque voltou a dar alegrias para a sua torcida. Mesmo jogando fora de casa, no Norte do estado, diante do JEC, a equipe conquistou um grande resultado ao vencer o adversário por 1 a 0 na Arena Joinville.

Thiago Alagoano, já no segundo tempo de partida, marcou o gol da vitória quadricolor. Com o triunfo, um empate no jogo de volta, às 21h de domingo (12), no estádio Augusto Bauer, garante o Bruscão nas semifinais do Catarinense. No outro jogo dessa quinta-feira, o Figueirense venceu o Juventus, por 2 a 1, fora de casa (veja na tabela todos os resultados das quartas de final).

O jogo
Sem torcida, mas diante muita expectativa, Joinville e Brusque entraram em campo na Arena sob curiosidade de suas torcidas. No Bruscão, Jersinho mandou a campo o que tinha de melhor, uma equipe já conhecida com Zé Carlos, Edilson, Ianson, Éverton Alemão e Airton; do meio para frente a escalação foi completada com Rodolfo, Zé Matheus e Thiago Alagoano, com Alexsandro e Marco Antonio nas pontas e o artilheiro Edu no comando de ataque.

Já o Joinville chegou ao jogo com pelo menos cinco baixas em relação a partida da primeira fase, quando o Bruscão venceu por 5 a 4 o adversário ainda na segunda rodada do Catarinense.

Quando a bola rolou, o primeiro tempo foi de os times se estudando. O Brusque tinha mais iniciativa, mas ainda pouco para modificar o placar. Pelo lado do JEC, o meia Luquinhas era quem mais assustava. Na principal jogada, aos 27 minutos, mandou para fora, cara a cara com Zé Carlos.


Já o Brusque também criava pouco, já que a bola pouco chegava em Thiago Alagoano, Marco Antonio e Alexsandro. O time teve as principais chances aos 41 minutos, num dos poucos lampejos de Alexsandro, que por pouco não encontrou Edu livre na área. Aos 43, Zé Matheus finalizou com categoria. A bola passou muito perto do gol adversário.

Etapa final
No segundo tempo, o jogo melhorou mas a primeira grande chance foi do Joinville. Maik aproveitou vacilo de Ianson e recebeu nas costas do defensor. Cara a cara  com Zé Carlos, o camisa 6 só foi parado por um milagre do goleiro, que salvou a finalização com a ponta dos dedos. Na sequência da jogada, Éverton Alemão chegou para salvar a melhor chance do jogo até então.

Aos poucos, no entanto, o Brusque foi controlando a partida e, perto dos 20 minutos, chegou ao gol do triunfo. Em bola cruzada na área, Edu cabeceou, o goleiro Dalbersom deu rebote e Thiago Alagoano apareceu para completar para as redes: 1 a 0 Bruscão.

À frente do placar, o Brusque controlou a partida, enquanto o JEC não mostrou forças para reagir. Jersinho aproveitou para promover a estreia de Fabinho e Jhonny, atacantes que chegaram ao clube recentemente. Eles entraram nas vagas de Alexsandro e Edu, respectivamente. Ruan na vaga de Zé Matheus, João Carlos na de Edilson e Dandan na de Marco Antonio foram as outras alterações.

Quartas de final
08/07 - 20h30
Chapecoense 2x0 Avaí

12/07 – 16h
Avaí x Chapecoense

08/07 – 19h
Criciúma 0x0 Marcílio Dias

12/07 – 11h
Marcílio Dias x Criciúma

09/07 – 19h
Joinville 0x1 Brusque

12/07 – 21h
Brusque x Joinville

09/07 – 15h
Juventus 1x2 Figueirense

12/07 – 18h30
Figueirense x Juventus

Luta contra o rebaixamento
14/07 – 15h
Tubarão x Concórdia

19/07 – 16h
Concórdia x Tubarão



Sidney Silva

E-mail para contato redacao2008071754361050@2008071754369678esportesc.com.