Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 31/07/2019 14h14

Principal competição do calendário do basquete catarinense, o Campeonato Estadual adulto, promovido pela FCB, com apoio da Trimania, inicia nessa quinta (1) na cidade de Blumenau, casa do time atual bicampeão, tanto do naipe masculino quanto feminino.

A cerimônia de abertura será realizada às 18h no ginásio do Galegão, onde ocorrem os primeiros jogos, com direito a transmissão ao vivo no Facebook da Federação Catarinense de Basketball (FCB).

No primeiro confronto do dia jogam o Basquete Feminino Blumenau, atual bicampeão do torneio, e Grande Florianópolis Basket, estreante na categoria. Após o jogo, às 19h30, será realizada a cerimônia de abertura com a presença de representantes das 18 equipes inscritas na competição. São 7 times no feminino e outros 11 no masculino.

Posteriormente será servido um coquetel aos convidados. A partida entre Apab Blumenau e Adiee/ Avaí, às 21h, pelo naipe masculino, fecha a programação do primeiro dia do torneio.

Competição promete
A edição de 2019 promete em ambos os naipes, porém no masculino quatro equipes aparentemente largam em vantagem na busca pelo título.

Os gigantes Blumenau, Brusque e Joinville sempre entram como favoritos e agora passam a ganhar a sombra de uma das mais novas sensações do basquete catarinense, o Blackstar Joinville, que quer se firmar no grupo de elite, após o terceiro lugar no ano passado, a prata na Copa SC deste ano e a participação inédita no Campeonato Brasileiro.

O Blackstar entra na competição para fazer frente novamente as três principais potências no estado e mantém a base comandada pelo técnico Olívia. Além disso, o time ainda ganhou o reforço do ala-pivô Renato, jogador de 2,03 metros que chega credenciado após disputar o Novo Basquete Brasil (NBB) pela equipe de Bauru.

Outras equipes também buscam um lugar ao sol na competição, é o caso do Grande Basket Florianópolis, que contratou os alas Antonio e Luís, ex-Brusque e o pivô Muller, ex-Videira. Um time experiente, mesclado também por uma forte base do juvenil. Também na capital, outro time movimentou o mercado para o Estadual. A Adiee/Avaí, que estreia logo de cara contra Blumenau, terá os retornos do armador Wallace e do pivô Tiago para esse Estadual. Um dos representantes da região Oeste, o Concórdia é outro que se reforçou com a chegada de dois bons nomes, o lateral Vulcão e o também lateral Rafael Heinz, ambos com passagens pela equipe do Brusque Basquete.

Disputa pela hegemonia
Entre as três principais forças do estado, Blumenau, Brusque e Joinville mais uma vez prometem brigar cesta a cesta pela taça. A  primeira equipe vai defender a hegemonia dos dois últimos anos, quando venceu Brusque Basquete e Joinville, respectivamente, na casa dos adversários.Além disso, o time ainda vem motivado após o título conquistado nas últimas semanas da Copa SC, o último que faltava para a seleta galeria de troféus do clube blumenauense.
A apab, que busca o tricampeonato, confia no retorno do técnico Christian Nau (que já tem no currículo título estadual) para mais uma vez ficar com a taça.

Representante do basquete catarinense na Liga Ouro, a equipe da Apab perdeu alguns jogadores pós-competição, como os pivôs Gerson e Nandão, além de dois jogadores norte-americanos. Porém, o time confia em reforços que já tem uma história com o clube, como é o caso dos alas Petry e Luís. Lesionados, os atletas estão em fase de recuperação e já devem ficar à disposição da equipe nas próximas semanas.

Enquanto Blumenau busca o tri, na vizinha, Brusque, o Brusque Basquete/FME/Aradefe/Trimania quer voltar à final após ficar de fora no ano passado, interrompendo uma sequência de oito decisões consecutivas. Além disso, o time perdeu em casa recentemente o título da Copa SC. Por outro lado, a confiança do técnico Alexandre Rocha, o Bicudo, é que a equipe se fortaleça para a disputa Estadual, já que a base é a mesma quarta colocada no Campeonato Brasileiro.

A tradição brusquense, aliada a jogadores experientes e com grande ligação com a cidade, como é o caso do pivô Fernandão, podem ser a chave de sucesso para que Brusque alcance novamente o protagonismo. A novidade da equipe, que estreia apenas no dia 9, fora de casa, contra Videira, será o retorno do pivô Emílio.

Em Joinville, a equipe local, Unisociesc, finalista do ano passado e representante do basquete catarinense no NBB, terá no comando Kelvin Soares, que terá algumas baixas para administrar, entre elas a dos irmãos Lucas e Felipe Vezaro, além da saída do armador Jefferson, do lateral Max e do pivô Zezão. Mesmo assim, a base da casa é forte e não deve ficar atrás dos demais elencos do estadual. Soma-se aos mais jovens alguns atletas experientes que permaneceram no grupo, como é o caso dos pivôs Bambu e Colimério.


Chave A
Apab Blumenau
Brusque Basquete/FME/Aradefe/Trimania
Adiee/Avaí/FMEAcob/Senac/Passarela (Concórdia)
Aviba/FMEV (Videira)
Sharks Univinte Basketball (Tubarão)

Chave B
Unisociesc/Trimania/JAV (Joinville)
Joinville Blackstar(Joinville)
Grande Basket Florianópolis
ABLUJHE (Joaçaba)
Ajab/Secel (Jaraguá do Sul)

Regulamento
Na primeira fase as equipes serão divididos em duas chaves, com jogos dentro dos grupos em turno e returno. Classificam-se para a próxima fase (semifinais) os quatro melhores times de cada chave, sendo (1ºA x 4ºB, 2ºA x 3ºB, 3ºA x 2ºB e 4ºA x 1ºB). Os classificados dessa última fase serão definidos em séries de até três jogos., sendo que, se necessário, a equipe de melhor campanha faz o jogo de desempate em casa.A última fase da competição será o final four disputado pelos quatro vencedores dos duelos eliminatórios das semifinais, em local a ser definido pela FCB. 



Sidney Silva

E-mail para contato redacao1911132012461058@1911132012469760esportesc.com.