Conteúdo
Repórter: Sidney Silva
Publicação: 03/10/2019 22h07
Atualização: 22h41

Vitória no clássico, quebra da invencibilidade rival e retomada da confiança. A estreia do técnico Jersinho não poderia ser melhor no comando do Brusque FC. Depois de seis jogos, justo no primeiro jogo do treinador, o Bruscão conquistou o primeiro triunfo na Copa SC: 1 a 0.

Vitória que teve um gosto ainda mais especial, por ser em cima do líder e 100% Marcílio Dias, no clássico do Vale, disputado na noite desta quinta-feira (3), no estádio Doutor Hercílio Luz, em Itajaí.

Com a vitória, o Brusque saiu da lanterna, subiu duas posições, e agora é o sexto colocado, com 6 pontos. Já o Marcílio Dias, mesmo com o revés, segue na liderança, com 18. Os times voltam a jogar agora no próximo domingo, desta vez no estádio Augusto Bauer, já na abertura do returno da competição.

O jogo
No confronto entre líder e lanterna, todos os prognósticos apontavam para uma vitória tranquila do Marinheiro, mas o velho ditado de que clássico não tem favorito foi um retrato fiel do cenário no estádio Doutor Hercílio Luz. Com várias mudanças, Jersinho mostrou estrela ao iniciar o jogo com Moisés, Bambam e Rodolfo entre as novidades. Os dois últimos fizeram a sua estreia com a camisa do clube, enquanto o primeiro foi o responsável por marcar o gol único do jogo, aos 23 minutos da etapa inicial.

Num jogo que começou equilibrado, o Brusque saiu em vantagem quando o próprio Moisés sofreu falta de Maurício dentro da área. Na cobrança, o jogador deslocou Vitor Prada para fazer 1 a 0. Depois do gol, o Marcílio até tentou pressionar, mas quando chegou, parou no goleiro Zé Carlos. Aos 43, o time criou a principal chance no primeiro tempo. Juliano finalizou cruzado e Nathan, por pouco, não conseguiu desviar.


Etapa final
No segundo tempo, o Marcílio se lançou de vez ao ataque, mas, consciente, o Brusque conseguiu se defender bem, apesar de levar alguns sustos. Logo aos 5, Levak cabeceou no travessão de Zé Carlos. Com o passar dos minutos, a pressão só aumentava, mas as chances claras ainda eram raras pelo lado do Marcílio. 

Nos minutos finais do jogo, o Brusque ainda teve alguns contragolpes, chegou a perdeu uma boa oportunidade com Fio, mas nem precisou. O triunfo por 1 a 0, consolidado ao fim do apito, foi muito comemorado pelos atletas, que tiraram um peso das costas e deixaram o Bruscão novamente com vida na Copinha.



8ª rodada - Demais resultados
Tubarão 1x1 Figueirense
Joinville 1x0 Almirante Barroso
Avaí 3x2 Fluminense 

Classificação final do 1º turno
1º Marcílio Dias - 18 pontos (SG 13)
2º Avaí - 16 pontos (SG 5)
3º Tubarão - 12 pontos (SG 4)
4º Joinville - 8 pontos (SG -2)
5º Figueirense - 6 pontos (SG -2)
6º Brusque - 6 pontos (SG -3)
7º Barroso - 5 pontos (SG -4)
8º Fluminense - 5 (SG -5)

Fotos: Lucas Gabriel Cardoso/BFC



Sidney Silva

E-mail para contato redacao1911132215297891@1911132215297062esportesc.com.